Rupert Grint expressa apoio à comunidade LGBT

Rupert Grint quebrou o silêncio sobre o porquê de ter falado contra as declarações controversas de J.K. Rowling. Rupert Grint deu uma entrevista à revista Esquire.

Rupert Grint reflectiu sobre a sua decisão de se opor publicamente às opiniões de JK Rowling sobre as pessoas trans no ano passado. Em Junho, o actor disse que se opunha aos comentários feitos pela autora que foram marcados como “transfóbicos”.

JK Rowling também escreveu um ensaio, onde foi criticada por grupos de defesa LGBT+ e outros por conter imprecisões e perpetuar crenças nocivas sobre pessoas transgénero.

Rupert Grint seguiu o exemplo, emitindo a seguinte declaração ao The Sunday Times: “Estou firmemente de pé com a comunidade trans e faço eco dos sentimentos expressos por muitos dos meus pares. As mulheres transexuais são mulheres. Os homens transexuais são homens. Todos devemos ter o direito de viver com amor e sem julgamento”.

Emma Watson e Daniel Radcliffe, colegas de Rupert Grint em Harry Potter, pronunciaram-se imediatamente contra JK Rowling.

Mas apesar de tudo isto, Rupert Grint continua a admirar JK Rowling como uma autora brilhante que ela é, como ele relatou, “penso que ela é extremamente talentosa e quero dizer, claramente, que as suas obras são geniais… mas sim, penso que também se pode ter um enorme respeito por alguém e ainda discordar de coisas como essa”.

Publicidade

Últimos Artigos

Latest Posts

Publicidade

Não percas

Publicidade