Músicos abafam discurso de ódio LGBTI com saxofones

Em Nova Iorque, um pregador homofóbico estava a propagar discurso de ódio LGBTI+ na rua sobre quando foi inesperadamente abafado por Jazz tocado por artistas de rua.

O homem homofóbico, com uma Bíblia debaixo do braço, dizia através do microfone que a comunidade LGBTI+ vai queimar no inferno. Posteriormente, os músicos Augie Bello e Julian Roel estavam ali perto quando ouviam o discurso e decidiram a abafar o ódio LGBTI+ com a música dos seus instrumentos.

O momento foi registado pelo cineasta Nicolas Heller estava a passar: ‘Eu estava atrasado para uma reunião quando passei pelo local, então só tinha dois minutos para ver o que estava a acontecer’, disse ele em entrevista ao site Queerty

https://www.instagram.com/p/B4DVXUMHFST/?utm_source=ig_web_copy_link

Bello disse ao site Queerty: ‘Eu e o meu amigo Julian, tínhamos acabado de almoçar e estávamos a regressar para a escola (The New School For Jazz) quando ouvimos esse homem a discursar ódio LGBTI+.’

‘O vídeo não mostra o que ele disse antes. Ele estava a dizer que todos os gays queimarão no inferno e que eles estarão num anel de fogo. Então olhei para Julian e ele olhou para mim e instantaneamente tivemos a ideia de abafar o ódio com os nossos saxofones. Ficamos surpresos com a viralização do vídeo e ficamos felizes em ver o apoio existente com a comunidade LGBTI+’.

O vídeo já conta com mais de 76,255 visualizações e mais de 16,000 gostos.

A voz da comunidade LGBTI + e dos aliados será sempre mais alta daqueles que nos odeiam.

Também poderás gostar:

Publicidade

Últimos Artigos

Latest Posts

Publicidade

Não percas

Publicidade