Circus of Books

Por décadas, um belo casal judeu dirigia o Circus of Books, uma loja de pornografia e epicentro da cidade de Los Angeles. A filha documenta a sua vida e a história da maior distribuidora de pornografia Gay do mundo.

Durante mais de 35 anos, a loja de pornografia gay “Circus of Books” proporcionou aos membros da comunidade LGBT+ de Los Angeles um espaço para socializarem e celebrarem quem são, sem serem julgados.

O que muitos clientes ignoravam é que a loja era gerida pelos proprietários Karen e Barry Mason, um casal heterossexual comum, com três crianças que frequentavam uma escola religiosa e que desconheciam qual era o negócio dos pais.

Durante muito tempo, os Mason recusaram-se a discutir a natureza do seu negócio com os amigos ou a família. Enquanto mantinham o segredo, testemunharam os primeiros tempos da epidemia do HIV/SIDA, tendo perdido uma geração de funcionários próximos.

Ainda assim, durante esse tempo, nunca se identificaram como ativistas — apenas empreendedores comuns a servir um mercado, até que a Internet o destruiu.

Com produção executiva de Ryan Murphy, “Circus of Books” é o documentário de estreia da artista Rachel Mason, que tem finalmente a oportunidade de perguntar às pessoas menos radicais que conhece — os seus pais — como é que se tornaram os maiores distribuidores de porno gay nos EUA. E, porque é que Karen reagiu de forma tão negativa quando o seu próprio filho saiu do armário.

Disponível na Netflix

Publicidade

Últimos Artigos

Latest Posts

Publicidade

Não percas

Publicidade